G3364

ου μη / οὐ μή

ou me

ou me (ou-me)

adv.

  1. um duplo negativo fortalecendo a negação, "não em tudo"

[I.e. 'ou (G3756), "não, para que não, se"' e 'me (G3361), "(adv.) não, (conj.) para que não, (inter.) se"']
Raízes: 'ou (G3756), "não, para que não, se"' e 'me (G3361), "(adv.) não, (conj.) para que não, (inter.) se"'
Comparar: 'me ouk (G3378)'

- qualquer mais, de forma alguma, por nenhum (nenhum) meio, nem, nunca, nenhum (em tudo), em nenhum caso (sábio), nem nunca,

G3588

ο / ὁ

o (e, a, to)

o , e , to (o , ê , to)

(incluindo o feminino e, a, e o neutro to em todas as suas inflexões)
art.

  1. o, a

[artigo definido]

- o, este, que, um, ele, ela, ele, etc

G3591

ογκος / ὄγκος

ogkos

ongkos (ong-cos)

s.

  1. uma massa (como por dobragem ou abaulamento da sua carga)
  2. (figurativamente um fardo (obstáculo)

[provavelmente de agkos um "nó" ("dor")]
Veja também: 'agkale (G0043), "braço (curvo)"'

- peso, embaraço, dificuldade

G3598

οδος / ὁδός

hodos

hodos (ro-dos)

s.

  1. uma estrada
  2. (por implicação) um progresso (a rota ou a distância)
  3. (figurado) um modo ou meio

[aparentemente uma palavra primária]

- viagem

G3610

οικετης / οἰκέτης

oiketes

oiquetes (oi-que-tes)

s.

  1. servo da casa ou escravo, ou seja servil doméstico
  2. governanta ou mordomo

[a partir de 'oikeo (G3611)']
Raiz: 'oikeo (G3611)'

G3618

οικοδομεω / οἰκοδομέω

oikodomeo

oikodomeo (oi-co-do-me-o)

v.

  1. ser um construtor de casas, ou seja, construir
  2. (figurativamente) confirmar

[um composto de 'oikos (G3624), "habitação, família, residência"' e a base de 'doma (G1430), "edifício, telhado, eirado"']
Raízes: 'oikos (G3624), "habitação, família, residência"' e 'doma (G1430), "edifício, telhado, eirado"'
Veja também: 'oikodome (G3619), "arquitetura, estrutura, confirmação, construção"'

- edificar, encorajar

G3619

οικοδομη / οἰκοδομή

oikodome

oikodome (oi-co-do-me)

s.

  1. arquitetura
  2. (concretamente) uma estrutura
  3. (figurativamente) a confirmação

[feminino (abstrato) de um composto de 'oikos (G3624)' e a base de 'doma (G1430)']
Raízes: 'oikos (G3624)' e 'doma (G1430)'

- construção, edificar(-ação)

G3623

οικονομος / οἰκονόμος

oikonomos

oiconomos (oi-co-no-mos)

s.

  1. o distribuidor da casa, ou seja, um gerente, ou supervisor, um empregado com a capacidade de administrar e distribuir
  2. (por extensão) um agente fiscal (tesoureiro)
  3. (figurado) um pregador (do Evangelho)

[De 'oikos (G3624), "habitação, família, residência"' e a base de 'nomos (G3551), "lei, regulação, princípio"']
Raízes: 'oikos (G3624), "habitação, família, residência"', 'nomos (G3551), "lei, regulação, princípio"'

- governador, administrador, despenseiro

G3624

οικος / οἶκος

oikos

oikos (oi-cos)

s.

  1. uma habitação (mais ou menos extensa)
  2. (por implicação) uma família (mais ou menos relacionada)

{literal ou figurativamente}
[de derivação incerta]

- casa, residência, templo

G3631

οἶνος / οινος

oinos

oinos (oi-nos)

s.

  1. vinho

{literal ou figurativamente}
[Vocábulo básico (ou talvez do original hebraico 'iain (H3196)')]
Raiz: 'iain (H3196)'

G3639

ολεθρος / ὄλεθρος

olethros

olethros (o-le-tros)

s.

  1. ruína, ou seja, a morte, a punição

[a partir do primário ollumi "destruir" (uma forma prolongada)]

- destruição

G3679

ονειδιζω / ὀνειδίζω

oneidizo

oneidizo (o-nei-di-zo)

v.

  1. difamar, ou seja, circundar, repreender, provocar, derivar

[a partir de 'oneidos (G3681)']
Raiz: 'oneidos (G3681)'

- insultar, escarnecer

G3700

οπτανομαι / ὀπτάνομαι

optanomai

optanomai (op-ta-no-mai)

v.

  1. olhar (ou seja, com os olhos bem abertos)

{como em algo notável, e diferindo assim do 'blepo (G0991), "olhar, observar"', que denota simplesmente observação voluntária, e de 'eido (G1492), "ver"', que expressa a visão meramente mecânica, passiva ou ocasional, enquanto 'theaomai (G2300), "olhar cuidadosamente para, perceber, visitar"', e ainda com mais ênfase seu 'theoreo (G2334), "ser um espectador de, discernir, considerar"' intensivo, significa uma inspeção séria mas mais contínua e 'skopeo (G4648), "mirar, fitar, considerar"' um olhar de longe)}
[prolongada (voz média) forma do primário (voz média) optomai e que é usado por ele em certos tempos e tanto como alternativa de 'horao (G3708), "olhar para, encarar, discernir claramente, observar, detectar"']
Compare: 'blepo (G0991), "olhar, observar"', 'eido (G1492), "ver"', 'theaomai (G2300), "olhar cuidadosamente para, perceber, visitar"', 'theoreo (G2334), "ser um espectador de, discernir, considerar"', 'skopeo (G4648), "mirar, fitar, considerar"'
Veja também: 'horao (G3708), "olhar para, encarar, discernir claramente, observar, detectar"'

- aparecer, olhar, ver, anunciar

G3713

ορεγομαι / ὀρέγομαι

oregomai

oregomai (o-re-go-mai)

v.

  1. esticar-se, ou seja, chegar após (tempo para)

[voz meio aparentemente uma forma prolongada de um primário obsoleto]
Compare: 'oros (G3735), "montanha"'

- cobiçar depois, desejar

G3735

ορος / ὄρος

oros

oros (o-ros)

s.

  1. uma montanha (como levantando-se acima da planície)

provavelmente de um obsoleto oro "subir ou levantar-se" (talvez semelhante a 'airo (G0142)')]
Compare: 'ornis (G3733)'
Veja também: 'airo (G0142)'

- montanha, monte

G3741

οσιος / ὅσιος

hosios

osios (o-si-os)

adj.

  1. (propriamente) correto (pelo caráter intrínseco ou divino)
  2. (especificamente) santo (piedoso, sagrado, certo)

{distinguido de 'dikaios (G1342), "eqüânime, inocente, santo"', que se refere ao invés de estatutos e as relações humanas, a partir de 'hieros (G2413), "sagrado, santo"', o que denota consagração formal, e de 'hagios (G0040), "sagrado, puro"', que se relaciona com a pureza da corrupção}
[de parentesco incerto]
Compare: 'dikaios (G1342), "eqüânime, inocente, santo"', 'hieros (G2413), "sagrado, santo"', 'hagios (G0040), "sagrado, puro"'

- santo