G5368

φιλεω

phileo

fileo (fi-le-o)

v.

  1. ser um amigo de/para (ligado a (uma pessoa ou um objecto)), ou seja, afeiçoar-se a/por (denotando apego pessoal, como uma questão de sentimento ou sensação)
  2. (especialmente) beijar (como uma marca de ternura)

{Enquanto 'agapao (G0025), "amar"' é mais vasto, abrangendo sobretudo a decisão do sentimento por vontade deliberada por uma questão de princípio, dever e sobriedade: os dois estão relacionados, por conseguinte, muito mais com 'telo, etelo - thelo, ethelo (G2309), "determinar, preferir, estar inclinado, desejar, pretender"' e 'boulomai (G1014), "dispor, resolver"', ou com 'thumos (G2372), "paixão, furor, ira"' e 'nous (G3563), "intelecto, mente"', respectivamente}
[
De 'philos (G5384), "amigo"']
Raiz: 'philos (G5384), "amigo"'
Compare: 'agapao (G0025), "amar"'
Veja também: 'telo, etelo - thelo, ethelo (G2309), "determinar, preferir, estar inclinado, desejar, pretender"', 'boulomai (G1014), "dispor, resolver"', 'thumos (G2372), "paixão, furor, ira"' e 'nous (G3563), "intelecto, mente"'

- amar, beijar

H7306

רוח / רוּחַ

ruwach

ruwach (ru-ac)

v.

  1. (propriamente) soprar, isto é respirar.
  2. (literalmente, apenas) cheirar.
  3. (por implicação) perceber.
  4. (figurativamente) antecipar, desfrutar.

[raiz primitiva]

- aceitar

H0398

אכל

'akal

acal (a-cal)

v.

  1. comer (literal ou figurativamente)

[uma raiz primitiva]

- se queimar, consumir, devorar (-dor), jantar, comer (-dor), alimentar, a alimentação, X livremente.